Símbolos Maias

A civilização maia constituiu-se de um conjunto diverso de povos que habitaram a região das florestas tropicais das atuais Península de Yucatán (sul do atual México), Honduras e Guatemala. Notável por sua língua escrita, matemática, arquitetura, arte e sistemas astronômicos, os maiais eram, no seu auge, uma das sociedades mais densamente povoadas e culturalmente dinâmicas do mundo.

Muitas cidades atingiram o mais elevado nível de desenvolvimento, no entanto, os maias nunca chegaram a formar um império unificado. Tal instabilidade favoreceu a invasão e domínio de outros povos vizinhos – os toltecas, entre os séculos IX e X, invadiram o território e dominaram a civilização.

Apesar da situação de declínio e posteriormente sofrer com a colonização espanhola, os povos maias nunca desapareceram. Atualmente, em todo o antigo território maia, há populações consideráveis de descendentes que mantêm tradições e crenças – a língua, por exemplo, continua a ser falada como língua primária.

simbolos-maias-escritaO principal legado da civilização maia está em sua cultura. A arte da Era Clássica (200 a 900 d.C.) é considerada por muitos como a mais bela do mundo antigo. A arquitetura ostentava obras tecnicamente qualificadas, grandiosas e com uma considerável variedade de formas. Quanto a religião, os pesquisadores ainda não chegaram a um entendimento por completo – sabe-se que os maias, assim como os incas e os astecas, acreditavam na contagem cíclica do tempo. As cerimônias e rituais eram associadas a ciclos celestiais e terrestres, que eram observados e registrados em vários calendários posteriormente interpretados por sacerdotes afim de ser traçado um panorama profético sobre o futuro.

Assim como os egípcios, os maias usaram uma escrita baseada em desenhos (hieróglifos) e símbolos. Com uma escrita bem desenvolvida, a civilização registrava todos os acontecimentos, datas, guerras, contagem de colheitas e impostos, dentre outros dados.simbolos-maias-escrita2

A escrita maia – também chamada hieroglifos maias por conta de sua semelhança com os hieroglifos egípcios – é o único sistema de escrita pré-colombiano que foi decifrado. Caracterizada por utilizar logogramas com glifos silábicos, as inscrições mais antigas datam do século III a.C.

simbolos-maias-escrita3

 

Embora existam muitas variações, os hieroglifos normalmente incluem uma área para o Divino, o Local, e o Senhor do Local.

Os maias foram responsáveis por um grande avanço na arquitetura – ergueram pirâmides, palácios e templos. Um dos aspectos que mais surpreende é a falta de estrutura e de muitas tecnologias que aparentemente seriam necessárias para construções como a do Palácio de Palenque. Não há registros do uso de ferramentas de metal, veículos com rodas ou polias.

Kukulcán

Kukulcán

palacio-palenque-simbolos-maiasQuanto a religião, a civilização maia, era, essencialmente, politeísta – acreditavam em vários deuses ligados à natureza. Kukulcán, versão maia do deus asteca Quetzalcóatl, por exemplo, era um dos vários deuses adorados. Para os maias ‘kukul’ significa sagrado e ‘can’ significa serpente.