A civilização maia constituiu-se de um conjunto diverso de povos que habitaram a região das florestas tropicais das atuais Península de Yucatán (sul do atual México), Honduras e Guatemala. Notável por sua língua escrita, matemática, arquitetura, arte e sistemas astronômicos, os maiais eram, no seu auge, uma das sociedades mais densamente povoadas e culturalmente dinâmicas do mundo.

Muitas cidades atingiram o mais elevado nível de desenvolvimento, no entanto, os maias nunca chegaram a formar um império unificado. Tal instabilidade favoreceu a invasão e domínio de outros povos vizinhos – os toltecas, entre os séculos IX e X, invadiram o território e dominaram a civilização.

Apesar da situação de declínio e posteriormente sofrer com a colonização espanhola, os povos maias nunca desapareceram. Atualmente, em todo o antigo território maia, há populações consideráveis de descendentes que mantêm tradições e crenças – a língua, por exemplo, continua a ser falada como língua primária.

simbolos-maias-escritaO principal legado da civilização maia está em sua cultura. A arte da Era Clássica (200 a 900 d.C.) é considerada por muitos como a mais bela do mundo antigo. A arquitetura ostentava obras tecnicamente qualificadas, grandiosas e com uma considerável variedade de formas. Quanto a religião, os pesquisadores ainda não chegaram a um entendimento por completo – sabe-se que os maias, assim como os incas e os astecas, acreditavam na contagem cíclica do tempo. As cerimônias e rituais eram associadas a ciclos celestiais e terrestres, que eram observados e registrados em vários calendários posteriormente interpretados por sacerdotes afim de ser traçado um panorama profético sobre o futuro.

Assim como os egípcios, os maias usaram uma escrita baseada em desenhos (hieróglifos) e símbolos. Com uma escrita bem desenvolvida, a civilização registrava todos os acontecimentos, datas, guerras, contagem de colheitas e impostos, dentre outros dados.simbolos-maias-escrita2

A escrita maia – também chamada hieroglifos maias por conta de sua semelhança com os hieroglifos egípcios – é o único sistema de escrita pré-colombiano que foi decifrado. Caracterizada por utilizar logogramas com glifos silábicos, as inscrições mais antigas datam do século III a.C.

simbolos-maias-escrita3

 

Embora existam muitas variações, os hieroglifos normalmente incluem uma área para o Divino, o Local, e o Senhor do Local.

Os maias foram responsáveis por um grande avanço na arquitetura – ergueram pirâmides, palácios e templos. Um dos aspectos que mais surpreende é a falta de estrutura e de muitas tecnologias que aparentemente seriam necessárias para construções como a do Palácio de Palenque. Não há registros do uso de ferramentas de metal, veículos com rodas ou polias.

Kukulcán
Kukulcán

palacio-palenque-simbolos-maiasQuanto a religião, a civilização maia, era, essencialmente, politeísta – acreditavam em vários deuses ligados à natureza. Kukulcán, versão maia do deus asteca Quetzalcóatl, por exemplo, era um dos vários deuses adorados. Para os maias ‘kukul’ significa sagrado e ‘can’ significa serpente.

Outros símbolos

Runas

As famosas runas vikings na verdade são um alfabeto. Os símbolos constituem os instrumentos linguísticos

Símbolos Ciganos

Imagine um mundo em que os indivíduos não possuem documentos, endereço fixo, conta em banco

Libra

Libra (astrologia) Libra é o sétimo signo do zodíaco (zodion = animal) e o único