Símbolos Gregos

A palavra ‘símbolo’ tem sua origem no grego antigo (sýmbolon), que significa agregar. O termo passou a ser usado para designar um signo em que o significante (forma gráfica + som) representa um significado (conceito). Na mitologia grega, há inúmeros símbolos que representam tanto objetos quanto atividades relacionadas com seus deuses.

Dentre os principais símbolos gregos estão:

Pavão

HeraO pavão é o símbolo de Hera – irmã e terceira esposa de Zeus. Por conta de seu ciúme e vaidade, a deusa ordenou ao ‘gigante de cem olhos’ que tomasse conta de Io, umas das várias amantes de seu esposo. As duas marcas nas penas do pavão simbolizam os olhos do gigante (Argos).

Além de ter o gigante cuidando de Io, Hera passava a maior parte de seu tempo ferindo as amantes de Zeus. Sem contar as punições a quem, por acaso, achasse que outras mulheres eram mais belas do que ela – que exibia sua beleza como um pavão.

Raios

ZeusO rei dos Olimpianos, mais conhecido como Zeus, possui três símbolos – a águia, a árvore de carvalho e o raio.

A águia representa a sua posição soberana sobre outros deuses e mortais, a árvore simboliza a força e o raio é o seu sinônimo – a sua arma. A imagem de Zeus, na maioria das vezes, aparece acompanhada de um relâmpago ou com um raio em suas mãos.

Tridente

PoseidonO tridente é o símbolo de Poseidon – irmão de Zeus e filho de Cronos e Reia. Na civilização minóica era o deus supremo – senhor que manipula o clima -, como o atributo passou a ser de Zeus, um acordo decidiu a divisão de poderes entre eles. Poseidon passou a ser o deus supremo do mar.

Também conhecido como o deus dos terremotos, Poseidon também é associado à figura do golfinho.

Capacete

HadesO capacete é o símbolo de Hades – o deus que comandava o mundo inferior, o mundo dos mortos. Ele também era marido e foi quem sequestrou Perséfone, sua sobrinha.

O capacete de Hades faz com que qualquer um que o utilize fique invisível. Perseus o usou para matar Medusa, por exemplo. Assim como o raio de Zeus e o tridente de Poseidon, o capacete também era um dos presentes dos ciclopes (gigantes de um olho só).

Fogo

HéstiaO fogo é o símbolo de Héstia – a deusa grega do lar e dos laços familiares. Apesar de não aparecer com muita frequência nas histórias mitológicas, era uma das principais deusas, irmã de Zeus e admirada por todos os deuses.

Héstia é a guardiã do fogo sagrado. Sua chama brilhava continuamente nos templos e lares, todas as cidades possuíam o fogo, que deveria, essencialmente ser conseguido através do sol.

Trigo

DémeterÉ o símbolo de Deméter – deusa da terra cultivada, das estações do ano e das colheitas. É a fomentadora do trigo, planta símbolo da civilização grega, e por conta de sua relação com a colheita e fecundidade das plantas passou a ser associada ao cereal.

Na condição de deusa da agricultura realizou longas viagens, junto a Dionísio, com o objetivo de ensinar os homens a cuidarem da terra e das plantações.