Símbolos Químicos

Compartilhe:

A química é repleta de símbolos representativos – imagens e letras que ajudam na comunicação rápida e universal dos inúmeros elementos químicos e das placas sinalizadoras. Alguns são de fácil entendimento como Mg (magnésio), Zn (zinco) e Ca (cálcio). Outros possuem origem no latim como Au (Ouro), Ag (prata) e Na (sódio). Outros ainda são nomeados com homenagens a cientistas ou lugares, como é o caso do Am (américo) e do Md (mendelévio).

Os outros tipos de símbolos fazem referência aos riscos que determinado produto químico oferece. Encontramos tais símbolos nas fichas de segurança e nos recipientes em que o produto está armazenado. As fichas trazem informações importantes sobre os cuidados a tomar em caso de acidente e sobre a maneira mais indicada de armazenar certos elementos.

Desde a antiguidade, os alquimistas já trabalhavam em uma simbologia própria para representar os vários elementos químicos. A primeira ideia foi representar os átomos dos diferentes elementos por pictogramas inspirados na astrologia. Ao longo dos anos diversas alterações foram propostas O seu uso só se tornou universal a partir do século XIX, quando Dalton propôs os seus próprios símbolos. Entretanto, tal como os anteriores, ainda não eram representações fáceis de memorizar e reproduzir. Em 1814, o químico sueco Jons Jakob Berzelius (1779 – 1848) propôs que os símbolos fossem constituídos apenas por uma ou duas letras do seu nome escrito em latim, grego ou inglês, sendo a primeira das letras em maiúsculo e a segunda, quando necessária, minúscula.

Elementos Químicos

Cada elemento, sintetizado artificialmente ou natural, é representado por um símbolo. Como já dito acima, independente da língua ou alfabeto vigente, os símbolos químicos serão sempre os mesmos – letra inicial maiúscula, do seu nome em latim, e quando preciso, uma segunda letra minúscula.

Atenção: símbolo químico ≠ fórmula química.

Ex: H – hidrogênio ≠ H2O – uma molécula de água.

Atualmente, a organização que regula toda a nomenclatura química é a IUPAC - International Union of Pure and Applied Chemistry, em tradução livre para o português “União Internacional de Química Pura e Aplicada”.

Exemplos:

Elemento químico

Nome em latim

Símbolo

Fósforo

Phosphorum

P

Potássio

Kalium

K

Sódio

Natrium

Na

Cobre

Cuprum

Cu

Prata

Argentum

Ag

Ouro

Aurium

Au

Chumbo

Plumbum

Pb

Antimônio

Stibium

Sb

Mercúrio

Hydrargyrum

Hg

Estanho

Stannum

Sn

tabela-periodica-simbolos-quimicos-elemento

Da necessidade de organizar os inúmeros elementos químicos, de forma precisa e clara, muitos cientistas se dedicaram a criação de uma tabela periódica - muito útil para prever as características, comportamentos e tendências dos átomos. Uma tabela completa é capaz de nos fornecer o número atômico, a massa, a distribuição de elétrons, o nome e o símbolo do elemento, além de propriedades como eletronegatividade, raio e energia de ionização.

tabela-periodica-simbolos-quimicos

Tabela periódica completa

Riscos Químicos

Símbolo tóxico

Tóxico ou altamente tóxico - Qualquer que seja o tipo de contato com tais substâncias serão nocivas à saúde do indivíduo. Inalação, ingestão, contato com a pele devem ser evitados. Em caso de acidente, é indicado procurar um médico o mais rápido possível.


simbolo-corrosivoCorrosivo - Indica que o produto é corrosivo tanto em contato com a pele quanto em superfícies. Um exemplo é o ácido sulfúrico, outrora utilizado em baterias automotivas.

 


nocivo-a-naturezaNocivo à natureza - Indica que o composto não deve ser descartado sem antes ser, devidamente, tratado ou armazenado e entregue em um lugar responsável pelo tratamento. Ele pode contaminar o solo, corpos d’ água e animais.


simbolo-explosivoExplosivo - Todo composto com esse indicativo deve ser mantido longe do fogo e de equipamentos aquecidos, pois o mesmo facilita a combustão dificultando no término de um provável incêndio. Em caso de cilindros de gases comprimidos deve-se também evitar pancadas e choques.


simbolo-inflamavelMaterial inflamável - que pode facilmente pegar fogo, deve-se evitar contato até mesmo com o ar.

 


diamante-de-hommelDiamante de Hommel - o diamante de segurança é um losango dividido em quatro quadrados, cada um com uma cor. Cada um deles recebe um número ou um código: riscos à saúde (azul), inflamabilidade (vermelho), reatividade (amarelo), riscos específicos (branco).


risco-radioativoRisco radioativo - utilizado em locais em que se encontram produtos radioativos, como tambores de lixo de usinas nucleares, materiais usados com equipamentos de raio-x, entre outros.


risco-biologicoRisco biológico - sinaliza que a substância pode oferecer risco à saúde de organismos vivos, principalmente humanos. Estão presentes nos recipientes onde são descartados materiais utilizados em hospitais.