Símbolos de Acessibilidade

Como a própria norma NBR 9050 (que estabelece os requisitos básicos de acessibilidade a mobiliários, edificações, equipamentos e espaços urbanos) indica: acessibilidade é a possibilidade e condição de entender, perceber e assegurar, com segurança e autonomia, o direito de ir e vir de toda a população. No entanto, vale ressaltar que a estrutura física, por si só, não é suficiente, também é preciso respeitar as diferenças de cada um para que o seu uso seja considerado correto.

O símbolo internacional de acessibilidade – reconhecido pela maioria das pessoas – aparece sempre voltado para o lado direito e, até então, não pode ser estilizado e/ou modificado. Encontrado em vagas de estacionamento, ônibus adaptados, rampas de acesso de edifícios, etc, o pictograma foi desenvolvido, em 1968, pela desenhista dinarmaquesa Susanne Koefoed. No Brasil, o símbolo só foi adotado oficialmente em 1985 através da Lei nº 7.405.

Simbolo acessibilidade para cadeirantes

Por mais representativo que o símbolo seja, não há como não notar que o foco dele está na cadeira de rodas e não na pessoa cadeirante. Desta forma, o pictograma só reforça a ideia de que a população que precisa de acessibilidade são passivas e dependentes. Era preciso ser criado um novo ícone – mais humano e que continuasse sendo facilmente reconhecido.

A nova versão, proposta por Sara Hendren, enfatiza que o cadeirante está no controle do seu próprio movimento, além de está ativo e engajado. A mudança dividiu opiniões e ainda não foi oficializada por nenhum país.

Nova versão de pictograma para cadeirante

Segundo a NBR 9050, a representação atual tem a finalidade de indicar que espaços, serviços, equipamentos urbanos e mobiliários são acessíveis a pessoas com deficiência (cadeirantes, auditivos, visuais) ou com maior grau de dificuldade de locomoção (obesos, gestantes, idosos). Ou seja, existem diversos outros símbolos de acessibilidade para localizar e atender às necessidades específicas de cada pessoa.

símbolo deficiente auditivo

símbolo deficiente visual

Há ainda os símbolos que indicam as 4 condições, mesmo que temporária, em que a pessoa se encontra e necessite de algum tipo de acessibilidade ou atendimento/serviço diferenciado. Na ordem da esquerda para a direita: gestantes, adultos com criança no colo, pessoas idosas e obesos.

símbolos acessibilidade