Ichthys ou Peixe de Jesus

O Ichthys – do grego ἰχθύς, em maiúsculo ΙΧΘΥC, ‘peixe’ – é um dos símbolos, juntamente com o crucifixo, mais utilizados pelos cristãos. Também conhecido como ‘peixe de Jesus’, a figura é formada por duas linhas curvas que lembram bastante o perfil de um peixe.

O peixe era algo muito presente na cultura israelense, alguns dos discípulos foram pescadores e, mesmo após seguirem Jesus, continuaram a ser intitulados “Pescadores de homens”. O mesmo símbolo também é encontrado nos milagres realizados por Jesus, quando o mesmo multiplicou alimentos.

O símbolo já teve diversos significados e importâncias no decorrer da história, sendo uma das marcas mais fortes e antigas do cristianismo. Alguns pesquisadores apontam que o Ichthys começou a ser usado antes do crucifixo e tratava-se de um meio de identificação entre os fieis durante o período de perseguição do Império Romano – quando um cristão encontrava uma pessoa em seu caminho, para assegura-se que a mesma seguia a sua religião, ele desenhava o arco ao contrário e esperava que o outro completasse com a segunda parte do arco, formando a figura do peixe. O ‘peixe de Jesus’ também era encontrado em catacumbas cristãs na época da perseguição, pois era o símbolo mais discreto do cristianismo.

Mas porque o peixe é um símbolo do cristianismo?

Voltando a palavra grega ‘ΙΧΘΥC’, o seu acróstico – quando você tem uma palavra e em cada letra desta você descreve com uma outra palavra – forma a frase “Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador” (IESOUS + CHRISTOS +THEO +HYIÓS + SOTER).

I – Iota de Iesous – Jesus em grego
X – Chi de Christos – Cristo em grego
È – Theta de Theou – Deus em grego
Y – Upsilon de Yios/Huios – Filho em grego
Ó – Sigma de Soter – Salvador em grego

peixe-de-jesus-simbolo